O PROJETO

Primeiro projeto de Arte Vertical de Salvador

Considerado o primeiro projeto de Arte Vertical realizado na capital baiana, o MURAL - Movimento Urbano de Arte Livre oportunizou para o público soteropolitano uma galeria de arte a céu aberto, no centro antigo de Salvador. O Projeto contribui para a revitalização da região portuária da cidade e vem se tornando uma vitrine para artistas baianos e residentes na Bahia.

ASSINATURA-RODAPE-300x765px.png
PROJ-MURAL-edicao-1-OBRA-1.1.jpg

Como a Arte pode trazer leveza, reflexão e acolhimento mesmo num momento de distanciamento social causado por esta Pandemia que enfrentamos? Pela importância que a arte e a cultura tem exercido neste momento difícil, o tema “Separado é Tudo Junto” foi o escolhido para a segunda edição do Projeto MURAL (Movimento Urbano de Arte Livre) que entregou mais 04 empenas para a capital baiana, na região do Comércio, no centro antigo da cidade. Os artistas Anderson Santos, Stella Bosini (La Mona), Oliver Dórea e o duo Dois Detalhes, formado por Tiago Ramsés e Ananda Santana foram os convidados para o desafio de criar murais de 26 a 35 m de altura inspirados nesta temática. Com estes, o Projeto MURAL completa 3500m² de arte vertical entregues à cidade, entre a primeira e a segunda edição do projeto.

1/4
1/5

Na primeira edição do projeto MURAL, em 2016, foram realizados 10 murais artísticos de grandes dimensões, entre 10m e 16m de altura. Os temas explorados pelos artistas transitaram por aspectos diversos da cultura baiana, culturais, políticos, religiosos e sociais. Os artistas convidados para esta primeira edição foram: Davi Caramelo, Fael Primeiro, Rebeca Silva, Eder Muniz, Pedro Marighela, Limpo Rocha, Devarnier Hembadoom, Nila Carneiro e Marcos Costa.

Quem passa pelas ruas da região do Comércio, na Cidade Baixa, já notou um colorido todo diferente e tem admirado obras gigantescas, com diversas linguagens e técnicas entre pinturas, grafites, desenhos, e estêncil, além das intervenções artísticas do recente projeto RUA - Roteiro Urbano de Arte, dos painéis da Codeba e das belezas da diversidade de estilos arquitetônicos deste antigo centro financeiro de Salvador. Uma região portuária belíssima que foi palco do movimento muralista intenso ocorrido em Salvador na década de 1950 e 1960, por nomes como Carybé e Carlos Bastos, com obras que se encontram em perfeito estado até hoje em diversas edificações do bairro.

PROJ-MURAL-edicao-1-OBRA.jpg

O projeto idealizado pela produtora cultural e jornalista Vanessa Vieira, realizado pela Trevo Produções, foi contemplado pelo edital Arte em Toda a Parte – Ano III, em sua primeira edição, e, em sua segunda edição, pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura Municipal de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos oriundos da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.

Todas as obras estão localizadas em região de fácil acesso. Veja mais detalhes acessando o mapa:

ASSINATURA-RODAPE-950x115px.png